1. subalternos:

    A lua ficou tão triste
    com aquela história de amor
    que até hoje a lua insiste:
    — Amanheça, por favor!
    Paulo Leminski

    Há 1 semana  /  191 notas  /  Fonte: beocio

  2. Ela é exatamente como os seus livros: transmite uma sensação estranha, de uma sabedoria e uma amargura impressionantes. É lenta e quase não fala. Tem olhos hipnóticos, quase diabólicos. E a gente sente que ela não espera mais nada de nada nem de ninguém, que está absolutamente sozinha e numa altura tal que ninguém jamais conseguiria alcançá-la. Muita gente deve achá-la antipaticíssima, mas eu achei linda, profunda, estranha, perigosa. É impossível sentir-se à vontade perto dela, não porque sua presença seja desagradável, mas porque a gente pressente que ela está sempre sabendo exatamente o que se passa ao seu redor. Talvez eu esteja fantasiando, sei lá. Mas a impressão foi fortíssima, nunca ninguém tinha me perturbado tanto. Acho que mesmo que ela não fosse Clarice Lispector eu sentiria a mesma coisa.
    Caio Fernando de Abreu sobre Clarice Lispector.  (via subalternos)

    (via subalternos)

    Há 1 semana  /  12 961 notas  /  Fonte: vem-me-cativar

  3. mylxlisboa:

Lisbon Ferry

    mylxlisboa:

    Lisbon Ferry

    Há 1 semana  /  24 notas  /  Fonte: Flickr / pedrosimoes7

  4. mylxlisboa:

Lisbon 62

Lisboa 

    mylxlisboa:

    Lisbon 62

    Lisboa 

    Há 1 semana  /  13 notas  /  Fonte: Flickr / weavermonkey

  5. (via efeitosecundarios)

    Há 1 mês  /  36 007 notas  /  Fonte: artigo-de-rua

  6. postcardsfromportugal:

The famous café Piriquita, in Sintra, Portugal.
Tourists go there to try the local pastries queijadas and travesseiros. Oh, Portuguese people do that to. A lot. 

O conhecido café Piriquita em Sintra, Portugal, em que os turistas podem experimentar as queijadas e os travesseiros locais.

    postcardsfromportugal:

    The famous café Piriquita, in Sintra, Portugal.

    Tourists go there to try the local pastries queijadas and travesseiros. Oh, Portuguese people do that to. A lot. 

    O conhecido café Piriquita em Sintra, Portugal, em que os turistas podem experimentar as queijadas e os travesseiros locais.

    (via s-intra)

    Há 1 mês  /  104 notas  /  Fonte: postcardsfromportugal.com

  7. Querida, queixarmo-nos é dizermos que temos direito ao que não temos - que é que não tenho? Tenho tudo. Nada me pertence, tenho. É a filosofia mais profunda da vida, como diabo levei tanto tempo a aprendê-la? Nada é nosso, Mónica, a gente é que tem a mania. É uma mania estúpida.
    – Em Nome da Terra - Vergílio Ferreira (1990)

    Há 1 mês  /  1 nota

  8. Começa hoje o mundial para Portugal!

    Começa hoje o mundial para Portugal!

    (via n--ightvisions)

    Há 1 mês  /  1 468 notas  /  Fonte: madridistaforever

  9. photo

    photo

    photo

    photo

    Há 1 mês  /  121 notas  /  Fonte: postcardsfromportugal.com

  10. eumechamoantonio:

Se fica: sufoca.

    eumechamoantonio:

    Se fica: sufoca.

    Há 2 meses  /  356 notas  /  Fonte: eumechamoantonio

  11. A consciência da inconsciência da vida é o mais antigo imposto à inteligência. Há inteligências inconscientes - brilhos do espírito, correntes do entendimento, mistérios e filosofias.
    – Fernando Pessoa (via fiqueiencantada)

    Há 2 meses  /  5 notas  /  Fonte: fiqueiencantada

  12. eumechamoantonio:

plagiou a tristeza: chorou copiosamente.

    eumechamoantonio:

    plagiou a tristeza:
    chorou copiosamente.

    Há 2 meses  /  322 notas  /  Fonte: eumechamoantonio

  13. The United States

    Angola

    Somalia

    China

    Columbia

    Burkina

    photo

    Brazil

    photo

    European Union

    Há 2 meses  /  127 646 notas  /  Fonte: jesusxarmenta

  14. lusitanglory:

Lisboa, Portugal
1975

    lusitanglory:

    Lisboa, Portugal

    1975

    Há 2 meses  /  25 notas  /  Fonte: Jean Paul Margnac

  15. mivisions:

Pena Palace, Sintra

Palácio da Pena, Sintra, Portugal

    mivisions:

    Pena Palace, Sintra

    Palácio da Pena, Sintra, Portugal

    (via xsarahmagic)

    Há 2 meses  /  56 notas  /  Fonte: miguel-santos.deviantart.com